Posts de julho de 2016

Aos 30 e a Metarmofose

Em 22.07.2016   Arquivado em Terapiando

Todo mundo já se apropriou indevidamente de Metamorfose Ambulante.
Começa a tocar e a gente se sente a própria lagarta virando borboleta, a inspiração do Raulzito.
Eu também prefiro ser essa metamorfose ambulante do que ter aquela velha opinião formada sobre tudo.
Só que, amigos.
Só que…
… o buraco é mais embaixo.

A gente se orgulha da capacidade de renovação, mas chega na hora P e não ouve ninguém, não aceita o novo, é não não não, eu sou assim, nasci assim, vou morrer assim, faço isso a vida toda e não morri, quem é você pra dizer o que tenho que fazer, sai daqui!
E a pseudo-metamorfose fez a lagarta cair porque não surgiram asas.

Tento mudar isso, essa postura chata e cansativa.
Descobri que não é bacana e se não gosto no outro, cada vez mais evito reproduzir.
O outro na verdade é um espelho, né? Ele reflete direitinho o que menos gostamos em nós mesmos.
E eu não posso justificar tamanha babaquice com astrologia.
“Taurinos são teimosos” – Não, gente!
Acredito em características de signos? Sim.
Mas eu acredito que a gente escolhe como agir e essa postura reforçando características negativas, normalizando coisas ruins, não é saudável.

Chega um momento na vida que a gente precisa acordar, avaliar e mudar o que é necessário.
Praticar e ser a tal da metamorfose, de fato.