Posts de novembro de 2016

Aos 30 e Transbordando

Em 24.11.2016   Arquivado em Desculpe o Transtorno

Meus pensamentos não cabem numa caixa. Eu já tentei colocá-los ali, mas não cabem! Queria que coubessem e que eu pudesse enterrá-la ou, sendo menos dramática, jogasse no fundo do armário.
Eu penso, logo sinto, logo transbordo.

A sensação de abandono, de solidão, traz dores tão fortes que saem da cabeça e envolvem o corpo inteiro. Parece uma capa de dor que alguém faz eu vestir sem querer.
Sinto todos os meus músculos contraírem, sinto faltar o ar. O chão às vezes some, a mente voa.

E eu sei exatamente o que me deixa assim, sei descrever com riqueza de detalhes cada gatilho que faz essa cascata de eventos se iniciar.
E se eu sei, eu tenho que aprender a evitar.
Porque eu não tenho o poder de mudar atitudes, não tenho uma varinha mágica que faz com que as pessoas enxerguem o que a atitude delas faz.
Eu só tenho é ainda um restinho de força de vontade, de não querer mais me sentir assim.
Eu quero me bastar.
E eu vou conseguir!